Pele oleosa na gravidez é normal? O que fazer?

Algumas alterações na pele podem ocorrer durante a gestação e se informar sobre o assunto é o melhor caminho para as futuras mamães.

Escrito por -


Descubra se pele oleosa na gravidez é normal e como evitar esse problema que afeta tanto o universo feminino.

A gravidez é uma fase de mudanças hormonais, metabólicas e vasculares, e, como todos os tecidos do corpo, a pele também sofre o impacto dessas mudanças.

Os médicos são concordantes ao afirmar que oleosidade na pele e a acne na gravidez têm uma evolução imprevisível.



Isto é devido ao fato de que uma série de aspectos hereditários, genéticos e hormonais, colabora para uma hiperatividade das glândulas sebáceas nesse período.

Pele mais oleosa pode ser gravidez?

Sim, pele oleosa pode ser um sintoma de gravidez.

Alterações na pele podem deixá-la mais oleosa ou mais seca, dependendo da mulher, são notadas durante a gravidez.

A gravidez também torna a pele mais luminosa e bonita, devido ao aumento das células de gordura do corpo, esticando a pele e desenvolvendo a sua aparência.

pele oleosa é normal
Siga as recomendações do seu médico para qualquer tratamento (Foto: Vida de Sonhos)

Entretanto, se uma mulher já tem uma tendência a ter a pele oleosa, pode desenvolver-se em espinhas.

Todavia, a pele oleosa também pode ser um sintoma da síndrome do ovário policístico, uma doença dos ovários, que também pode causar acne, agravando o aumento de pelos no corpo e obesidade.

Para saber se você está grávida, é melhor esperar a menstruação. Se ela demorar ou atrasar, então, faça um teste de gravidez na farmácia.

Se você estiver grávida, consulte um médico/ginecologista e clínica em geral ou médico de família.

Caso contrário, procure o/a médico/dermatologista, clínica geral ou médico de família para fazer uma avaliação de óleo na pele.

Pele oleosa na gravidez é normal? O que fazer?

Sim, pele oleosa na gravidez é normal e muito comum.

As várias alterações hormonais que ocorrem no corpo de uma mulher grávida podem causar um aumento na estimulação de certas glândulas, que acaba por produzir uma maior quantidade de oleosidade e propensa ao aparecimento da acne.

Pele oleosa na gravidez
(Foto: Posé Beleza)

É importante lavar o rosto duas vezes ao dia, de preferência de manhã e à noite, com sabonete de ph neutro.


Evite o uso de sabonetes comuns, pois eles podem irritar a pele. Quando usado em pele oleosa tendem a estimular as glândulas a produzir mais gordura.

No caso de pele seca, pioram consideravelmente o ressecamento da pele. Falando da temperatura da água, ele deve estar na temperatura morna ou fria, para não remover os óleos naturais da pele.

Saiba mais: Hidroquinona clareia mesmo a pele?

Leia ainda: Vitaminas que fazem bem para a pele

Como cuidar da pele oleosa na gravidez

Durante a gravidez, a sua pele vai sofrer com as alterações hormonais. Por isso, elaboramos 4  dicas para te ajudar a lidar com a pele oleosa na gravidez.

  1. Faça o esforço de beber, pelo menos 3 litros de água por dia.
  2. Use sabonete com ph neutro e hidratantes sem perfumes.
  3. Use protetores livre de óleo (oil-free).
  4. Não esprema espinhas ou use medicamentos sem o conhecimento do seu médico ginecologista/obstetra
Pele oleosa na gravidez é normal? O que fazer?
Avalie esta matéria!