Cobreiro na pele – Sintomas, como curar

Conhecido popularmente como Cobreiro, o vírus Herpes Zoster deve ser seguido com cuidado , pois a doença pode provocar sérios transtornos físicos e psicológicos

Escrito por -

Como identificar que as manchas na pele sejam Herpes Zoster? Veja nesta matéria: Cobreiro na pele – Sintomas, como curar, contagio:

Nossa pele na maioria das vezes é muito sensível, seja por causa do calor, do frio ou até mesmo pelo uso frequente do ar condicionado, fazendo com que fique ressacada, manchada ou com aparência envelhecida. Embora muitas propagandas de hidratantes e produtos de estética para o corpo, nem sempre é o suficiente, entretanto, algumas manchas devem ser tratadas com mais cuidado, pois nem sempre é devido a exposição solar, no caso do cobreiro por exemplo.

Foto: Sekiller
Foto: Sekiller

Cobreiro na pele – Sintomas

Sintomas transmitidos através do vírus Herpes Zoster deve se tomar o devido cuidado, pois não é um tratamento tão simples quanto uma pele ressecada. Seus sintomas começam através de formigamento da pele, manchas avermelhadas, coceira e bolhas com líquido transparente ou amarelado. Outros sintomas bastante comuns neste caso são dor de cabeça, irritação da pele e até mesmo sintomas similares à gripe, além de sensibilidade a luz.

Leia mais: Remédio para micose de pele em comprimido

Cobreiro na pele- Como curar

E se a dúvida é como curar, saiba que existem diversos métodos e formulas, desde remédios caseiros até pomada dermatológica.
O método mais comum e tradicional é feito através da água oxigenada, basta aplicar uma pequena quantidade sobre a bolha e deixar agir por alguns minutos para desinfetar. Outra opção para evitar a coceira é passar mel sobre o ferimento, o alivio é imediato. Uma planta medicinal bastante conhecida neste caso é a melissa, essa planta tem como função efeitos calmantes e analgésicos para curar o cobreiro. É importante ressaltar que a consulta ao médico é imprescindível para verificar o estágio da doença e principalmente outros meios mais efetivos de cura.

Foto: Saude.culturamix
Foto: Saude.culturamix

Cobreiro na pele é contagioso?

E se a dúvida é sobre o contagio da doença, segue algumas recomendações:

  • Evite o contato com pessoas com baixa resistência e problemas imunológicos, pois são propensas ao contágio;
  • Tente não se estressar ou ficar muito agitada, descanse;
  • Fique exposta ao sol ou áreas com bastante luz solar e calor por alguns minutos, o calor auxilia no processo de cura;
  • Não deixe a área de contagio coberta por tecidos ou qualquer tipo de material que impossibilite a pele de respirar, deixe a coceira arejar para não arder;

E quando estiver com muita dor ou coceira, pomadas com o componente capsaicina, calamine ou Sulfadiazina de prata conseguem aliviar assim como uma variedade de cremes disponíveis para o tratamento e cura do cobreiro na pele. É importante verificar a fase de estágio da doença, lembrando que são três: Antes da erupção, erupção cutânea com bolhas e por último, a terceira fase que é após erupção e bolhas.

Cobreiro na pele – Sintomas, como curar
Avalie esta matéria!